domingo


Hoje, mais do que nunca, senti falta deste lugar. Dele e de tudo aquilo que ele representa, ou representava...Sei que a culpa é, não de mais ninguém a não ser minha, mas aprendi que o que está para trás deve, acima de tudo, servir para um aprender contínuo, deverá ser sobretudo o exemplo daquilo que não fazer deste dia em diante...Esquecer, deixar para trás, tudo isto custa, custa cada vez mais e dia após dia arrependimentos surgem, dúvidas e incertezas...Tenho mesmo pena que esta saudade surja apenas quando me deparo e finalmente reparo que não existe ninguém, mas mesmo ninguém capaz de estar aqui, no momento em que mais preciso de um apoio, de um conselho ou de uma simples opinião...É triste, deixa-me triste tudo isto, sinto-me fraca e sem forças...Estou com medo, na realidade, estou cheia de medo que mais uma decisão minha venha a deitar tudo a perder. E não quero, não quero mesmo, voltar a desiludir-me a minha própria, voltar a falhar comigo pela terceira ou quarta vez consecutiva...Mas eu sei, que desta vez eu não fui pelo caminho mais fácil, eu não escolhi ir por onde todos estavam a espera que eu fosse. Eu fui, e sou, forte o suficiente para saber aquilo que é melhor para mim. E nem que eu tenha de cair mais cinco, dez ou vinte vezes, eu hei-de me levantar e nem que tenham de ser cem vezes eu vou conseguir, porque eu tenho determinação e essa sim, continua a falar mais alto que toda a dor que a ausência, de quem prometeu estar aqui, possa causar... Guardo e levo comigo, todos os dias, a garantia de que este lugar, será sempre mas sempre meu, e terá também sempre nele, uma grande parte de mim, daquilo que eu fui, daquilo que sou, e sobretudo, daquilo que sempre serei.

18 comentários:

  1. Vais conseguir levantar-te sempre! É mesmo assim que tens de pensar :) *

    ResponderEliminar
  2. r: obrigada... já seguia!

    ResponderEliminar
  3. Obrigada querida :) E força!

    ResponderEliminar
  4. e eu adoro as tuas palavras! essa determinação será a tua força e levar-te-á longe! não desesperes quando não houver ninguém, às vezes mais vale seguir caminho sozinha, porque a vida não são só dores e um dia chegará quem nunca te deixará só.

    ResponderEliminar
  5. «mas aprendi que o que está para trás deve, acima de tudo, servir para um aprender contínuo, deverá ser sobretudo o exemplo daquilo que não fazer deste dia em diante», estou inteiramente de acordo.
    Por mais difícil que seja o caminho, e por mais vezes que possas cair, é isso que te torna mais forte. E sempre que dás mais um passo em frente é uma vitória

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Obrigada por seguires :) também te sigo!

    ResponderEliminar
  7. Obrigada. Gostei muito * Também te sigo.

    ResponderEliminar
  8. Obrigada doce ! Adoro o teu blog :)

    ResponderEliminar
  9. Muito obrigada! Desejo-te muita sorte também.
    Sigo :)

    ResponderEliminar
  10. adoro o blog estou a seguir $:

    ResponderEliminar
  11. "porque eu tenho determinação e essa sim, continua a falar mais alto que toda a dor que a ausência, de quem prometeu estar aqui, possa causar" Mas que lindo! Prendi-me por completo na tua escrita.
    Segui :) Um beijinho*

    ResponderEliminar
  12. graças à tua linda escrita que me encantou, tornei-me tua seguidora, gostei muito do teu espaço!

    ResponderEliminar
  13. Gostei tanto disto. Reli-me...

    ResponderEliminar
  14. " o que está para trás deve, acima de tudo, servir para um aprender contínuo", e como a memória do ser humano é selectiva e têm a capacidade de se auto reciclar, com o passar do tempo vais te lembrando apenas das coisas boas, e as más acabam por desaparecer, não tenhas medo. Força!

    ResponderEliminar
  15. Repito o que a "Nês" disse. Reli-me.

    ResponderEliminar
  16. Boa noite!
    Estive muito tempo fora e até tinha fechado o blog, mas resolvi voltar!
    Visite: http://silenceisntawkward.blogspot.pt
    Beijinhos, nês!

    ResponderEliminar